Archive for fevereiro \26\UTC 2010

PERGUNTE AO ESPECIALISTA – O QUE DIZER QUANDO PEDIREM PARA FALAR DE MIM MESMO!

26/02/2010

O que dizer quando pedirem para falar de mim mesmo?

Numa entrevista de emprego em que o entrevistador me pergunta: Como você é? Fale-me de você. Como devo iniciar minha resposta? Devo falar das minhas qualidades, defeitos, experiências profissionais?

Obrigado
Atenciosamente,
Leandro Galhote Pereira

Resposta:

Realmente esta é uma pergunta muito comum em processos seletivos. Normalmente com ela, o entrevistador quer algumas breves informações a seu respeito. E a idéia aqui não é falar sobre suas experiências profissionais, mas falar sobre você, como solicitado, ou seja, mostrar quais são suas percepções a respeito de você mesmo: vida pessoal, hobbies , pontos fortes, pontos a desenvolver, porém, tudo de forma sucinta. O que interessar mais ao entrevistador sobre aquilo que você disser será mais bem investigado por ele com outras perguntas.

Sendo assim, procure fazer um breve relato, como: “sou casado, tenho dois filhos, minha esposa é contadora e trabalha na empresa X. Sou uma pessoa muito caseira, gosto de ficar em casa com minha família, mas também costumamos sair aos finais de semana, em São Paulo mesmo ou às vezes viajamos para o interior. Sou uma pessoa calma, com facilidade de relacionamento interpessoal, sempre cultivei muitas amizades nas empresas em que trabalhei, mas por outro lado, sou bastante persistente na busca de meus objetivos pessoais e profissionais”.

Para dizer o que coloquei neste exemplo acima, provavelmente você gastaria menos de um minuto e daria uma idéia geral ao selecionador sobre quem você é. Baseado no que você colocou, o selecionador buscará detalhes sobre o que mais lhe interessar.

Boa sorte!

Priscila Mendes

Tire suas dúvidas e receba, gratuitamente, orientação sobre vários assuntos ligados a carreira e desenvolvimento profissional. Para cada tema há um especialista pronto para auxiliá-lo. Serão respondidas e publicadas no site apenas as perguntas selecionadas pela equipe de conteúdo do Empregos.com.br.

TIM ABRE 400 VAGAS DE ESTÁGIO EM TODO O BRASIL

24/02/2010

Programa traz novidades em 2010 e processo seletivo começa em fevereiro

O programa 2010 de Estágio da TIM apresenta-se com um novo formato: Estágio sem Fronteiras. Jovens universitários de todo Brasil que estiverem cursando Administração, Comunicação, Economia, Informática, Engenharia, Estatística e Análise de Sistemas, entre outros cursos afins, poderão se candidatar ao programa através do site http://www.tim.com.br. Neste ano, estão abertas 400 vagas divididas em duas etapas de admissão: em maio e em setembro. O objetivo do novo programa é atrair os melhores estudantes do mercado que formarão um banco de talentos para aproveitamento interno. O grande diferencial é a prioridade que a TIM dá à contratação de estagiários e o alto percentual de efetivação, e também o foco cotidiano em atividades que garantem desenvolvimento profissional.

A operadora busca pessoas criativas, determinadas, à procura do novo, que gostem de desafios e metas. Oferece crescimento profissional, reconhecimento, formação diferenciada, o que significa maior empregabilidade para os estagiários.

As inscrições devem ser feitas pelo site www.tim.com.br (Sobre a TIM / RH / Programa Estágio Sem Fronteiras 2010) até o dia 14 de março de 2010. Para participar, os estudantes precisam estar a um ou dois anos da formatura, além de ter bom rendimento acadêmico e conhecimentos avançados em inglês e informática. O processo seletivo inclui triagem de currículos no site, testes on-line, dinâmica de grupo, redação e entrevista individual com a área de Recursos Humanos da TIM Brasil. O processo é concluído com uma entrevista com o gestor da área de interesse do candidato.

A carga horária dos estagiários da TIM é de 30 horas semanais e o período pode se estender por até dois anos. O estágio oferece bolsa-auxílio compatível com o mercado, vale-refeição, vale-transporte integral e celular funcional.

TIGRE ABRE INSCRIÇÕES PARA PROGRAMA DE TRAINEES

23/02/2010

Podem participar estudantes e recém-formados que tenham a conclusão do curso de dezembro de 2008 até dezembro de 2010

A Tigre acaba de abrir seu Programa de Trainees 2010. De 23 de fevereiro a 14 de março, profissionais recém-formados e estudantes dos cursos de administração, comércio exterior, economia, marketing e engenharia de materiais, química, mecânica e civil que tenham a conclusão do curso de graduação no período de dezembro de 2008 até dezembro de 2010 podem participar do processo de seleção.

O objetivo é preparar jovens em início de carreira para ocupar posições-chave na empresa em Joinville (SC), nas áreas de suprimentos, marketing de vendas, engenharia e P&D (pesquisa e desenvolvimento). “O programa de trainees é uma importante ferramenta na seleção de talentos, tanto que desde a primeira edição, em 2007, todos os participantes foram contratados, o que representou 100% de aproveitamento”, afirma a Gerente Corporativo de Recursos Humanos, Henriette Fleig.

Terão preferência candidatos com pós-graduação completa ou em andamento, inglês e espanhol avançado, e que tenham experiência na área de formação. Todas as fases do processo de seleção serão eliminatórias, conforme a sequência: testes online de inglês, espanhol e raciocínio lógico; entrevistas individuais, com avaliação em inglês e espanhol; dinâmicas de grupo; apresentação de cases; e entrevista com os finalistas.

As inscrições deverão ser feitas no site da Tigre, no endereço www.tigre.com.br, no período de 23 de fevereiro a 14 de março de 2010. A duração do programa será de 12 meses, com remuneração de R$ 3.500,00, com participação nos lucros e benefícios.

QUANDO A BUSCA POR UM EMPREGO REQUER PRIVACIDADE

19/02/2010

Como profissionais que estão empregados devem procurar novas oportunidades sem colocar em risco o trabalho atual?

Por Rômulo Martins

Na era da informação e das inovações tecnológicas, empregabilidade virou sinônimo de competência. Quem não sabe administrar a própria carreira torna-se mais vulnerável no mercado e, portanto, corre mais risco. Entre os especialistas é consenso: o profissional deve avaliar permanentemente a sua empregabilidade para averiguar se as suas competências são compatíveis com as do mercado de trabalho.

A internet, de novo, torna-se a aliada mais prática e acessível ao profissional. Informações sobre o mercado, seja qual for a área de atuação, podem ser buscadas nos sites de empregos, consultorias especializadas e por que não nas redes sociais. Até o network é uma forma de avaliar a empregabilidade.

Do mesmo modo, a internet serve como instrumento de marketing pessoal e profissional. E quando o mundo virtual se transforma em uma plataforma profissional, as chances de encontrar novas oportunidades no mercado são maiores.

Especialistas em gestão de carreira e recursos humanos afirmam que estar aberto a novas propostas, realizar pesquisas em sites e consultorias com o objetivo de analisar as oportunidades de emprego oferecidas pelo mercado e até mesmo enviar currículo quando a vaga em aberto parecer interessante é positivo e, até certo ponto, é encarado com naturalidade pelas empresas, mesmo quando o profissional se sente realizado com o trabalho atual.

No entanto, será que expor os dados pessoais e profissionais sem se preocupar em estabelecer alguns critérios é seguro quando o profissional já está empregado? Realizar cadastro em sites de empregos ou deixar currículos em consultorias de recrutamento e seleção não seria um risco para o emprego atual?

Segundo a consultora do IDORT São Paulo, Elisabete Alves, é natural que os profissionais estejam de olho no mercado para avaliar o seu nível de empregabilidade e que as empresas estejam atentas aos talentos, estando eles empregados ou não. Mas, segundo ela, é importante que as pessoas já empregadas tomem alguns cuidados ao se candidatar às vagas oferecidas pelas companhias. “Os profissionais podem mapear as empresas que querem trabalhar e mandar currículo apenas para as selecionadas a fim de não correrem o risco de enviar currículo para a própria empresa em que trabalha”, orienta Elisabete, que é especialista em gestão de carreira.

Especialista em administração de recursos humanos, Luis Marcondes recomenda a procura de um site ou consultoria especializada que cuidará do sigilo dos dados do profissional. Marcondes, que é sócio da Search, explica que na inviabilidade de recorrer aos serviços especializados, o profissional deve ocultar o nome do empregador atual no currículo, detalhando apenas as características da organização e a sua função e responsabilidades nela.

Segundo ele, as redes sociais também são um bom termômetro para medir o nível de empregabilidade, realizar network ou para encontrar novas oportunidades de trabalho. “Geralmente, nas redes o profissional encontra ex ou atuais colegas de trabalho que são excelentes fontes de referência e que podem lhe indicar alguma posição [vaga]. Mas isso vai depender dos bons relacionamentos que ele possui”, destaca Marcondes. Leia a matéria completa…

SETOR DE TELESSERVIÇOS DEVE CONTRATAR MAIS DE 100 MIL PROFISSIONAIS EM 2010

18/02/2010

A ABT – Associação Brasileira de Telesserviços prevê a criação, em 2010, de mais de 100 mil novos empregos diretos nas empresas de call center terceirizadas. Para esse setor, a ABT estima um faturamento de aproximadamente R$ 6,6 bilhões, mantendo com isso a expectativa de crescimento em 10%, média registrada nos últimos anos.

“No ano passado, o setor conseguiu crescer em volume de empregos e faturamento, apesar da crise financeira que abalou a economia mundial. Além disso, muitas empresas tiveram que investir pesado para se adequar às novas regras do SAC e oferecer o melhor atendimento possível a seus clientes”, diz Jarbas Nogueira, presidente da ABT.

Hoje, o setor é considerado a principal porta de entrada de jovens no mercado de trabalho, sem a necessidade de terem experiência anterior, além de ser o que mais emprega com carteira assinada. Para o presidente da entidade, o setor tem evoluído muito porque as empresas estão cada vez mais conscientes da importância e da necessidade de haver esse canal de comunicação com seus clientes/consumidores.

“Para isso, as empresas investem constantemente em novas tecnologias, infraestrutura e capacitação profissional. A ABT e as empresas de call center são as maiores defensoras da permanente busca da qualidade, das boas práticas de atendimento e da excelência na prestação de serviços”, conclui Nogueira.

Confira as vagas disponíveis em nosso site , clique aqui!

T-SYSTEMS ABRE 15 VAGAS DE ESTÁGIO

12/02/2010

A T-Systems, empresa de serviços de Tecnologia da Informação e de Comunicações (TIC), pertencente ao grupo Deutsche Telekom, abre as portas no início de 2010 para a contratação de mais de 15 profissionais de estágio para atuar em suas áreas de Infraestrutura, Integração de Sistemas e Administração. Os novos talentos integrarão a equipe de aproximadamente 175 estagiários já existente na companhia.

Durante o processo de seleção, a T-Systems avalia requisitos fundamentais para trabalhar na companhia como a busca pelo conhecimento, o comprometimento, a criatividade e a valorização da oportunidade.

Os interessados em concorrer a uma vaga de estágio na T-Systems devem acessar a página da empresa na internet (e se inscrever na seção Trabalhe Conosco. A companhia estabelece alguns critérios técnicos durante o processo. Os estudantes também devem estar cursando o 1º, 2º ou 3º ano de graduação nas áreas de Administração, Ciências da Computação, Engenharia e Sistemas da Informação. Inglês também é desejável e o conhecimento do idioma alemão é considerado um diferencial durante o processo de seleção.

ALOG DATA CENTERS ABRE 25 VAGAS EM RJ E SP

11/02/2010

Para São Paulo são 16 vagas, e para o Rio, 9. Oportunidades são na área de tecnologia da informação.

A Alog Data Centers do Brasil, empresa de hosting gerenciado, abriu 25 vagas para o Rio de Janeiro e São Paulo. As oportunidades são para as áreas de suporte, operações, design e eventos, web design, gerência de contas, aprovisionamento e infraestrutura técnica. Há ainda vagas de estágio e de trainee.

Para São Paulo, as 16 vagas são para os cargos de analista de design e eventos, analista de suporte técnico sênior, analista de operações pleno, analista de aprovisionamento, agente de suporte técnico, web designer, gerente de contas trainee, estagiário de TI e eletricista. Já para o Rio de Janeiro são nove vagas para os cargos de analista de suporte júnior, analista de suporte sênior, gerente de contas júnior, analista de operações NOC, operador de CPD, estagiário de TI e estagiário para a área comercial.

A empresa oferece remuneração compatível com o mercado e benefícios que incluem assistência médica e odontológica, seguro de vida e vale-refeição. As etapas do processo envolvem triagem de currículos, entrevistas com o RH, aplicação de testes, entrevistas com o gestor da área e com o diretor. Os interessados devem enviar os currículos para rh@alog.com.br.

AMIZADE NO TRABALHO

10/02/2010

Gestão de pessoas adota programas que visam aproximar os colaboradores; até que ponto, porém, o vínculo entre eles é sadio para as empresas?

Por Rômulo Martins

Clima organizacional é um dos quesitos mais valorizados hoje pelas empresas. Não é à toa que os recursos humanos não poupam em investir mais e mais em programas de qualidade de vida, comunicação interpessoal, integração entre equipes. Práticas que favorecem a produtividade nas companhias e aproximam os colaboradores. Cria-se um vínculo maior entre profissionais que muitas vezes se estende para fora do ambiente corporativo.

Colegas de trabalho que se tornaram grandes amigos ou que se apaixonaram, iniciaram um namoro, culminando na união matrimonial são casos bastante comuns. Sim, ao aplicar projetos que visam auxiliar na comunicação e aproximar os colaboradores, involuntariamente as organizações podem estar agindo como cupidos, contribuindo para o surgimento de relações amorosas ou de amizades em seu ambiente. Como devem agir as empresas quando as relações entre colegas de trabalho fogem do convívio profissional?

“É fundamental que as regras sejam claras”, recomenda o consultor organizacional Enoir Santos. Especialista em gestão de pessoas, Santos afirma que as relações de amizade ou amorosas no ambiente corporativo podem colaborar para os resultados no trabalho, mas ressalta que como a maioria das empresas não está preparada para enfrentar essa questão cria-se uma atmosfera tensa nas organizações. “Muitas empresas agem como se isso nunca fosse acontecer e, quando acontece, não sabem como lidar com o assunto”.

Na visão de Marcelo Gonçalves, diretor de operação e recursos humanos da Terco Grant Thornton, criar vínculos de ordem pessoal em empresas cuja cultura não é sensível a questões desse porte pode gerar inconveniências e constrangimentos. Para Gonçalves, a amizade entre colegas de trabalho é benéfica para o desenvolvimento e crescimento profissionais e empresariais, todavia o diretor de recursos humanos destaca que o receio das empresas reside em não saber administrar o assunto caso as relações venham a extrapolar os limites organizacionais.

Segundo Nelson Ferreira, diretor de recursos humanos da Vitopel, este é um dos grandes desafios atuais da área de gestão de pessoas. “É preciso maturidade principalmente por parte dos gestores no momento de avaliar a performance dos colaboradores antes de tomar decisões. A isenção é importante”, destaca.

Além do Limite
A amizade ou o namoro no trabalho deixa de ser saudável, sobretudo quando as relações de hierarquia deixam de funcionar como manda a política empresarial ou quando as cobranças por resultados são atenuadas, gerando favoritismo no ambiente corporativo. “Intimidade excessiva mal dirigida, pode gerar, se a equipe não for madura, os perigosos complôs. A questão não parece estar focada na amizade, e sim na escala de valores da equipe. Investir numa sólida cultura cooperativa e nos valores da empresa, contudo, parece ser mais lucrativo a longo prazo do que exercer modelos rigorosos e supressivos”, observa o consultor de empresas Enoir Santos.

Para os consultores da área de gestão de pessoas a amizade não deve anular a competitividade nas organizações. “Algumas áreas em que há indicadores mais claros de performance é natural haver uma tensão ou disputa interna. Não significa que a disputa seja de má fé ou que venha a ferir um clima de trabalho agradável, desde que o profissional entenda que o desempenho dele é o gatilho para o seu próprio desenvolvimento”, analisa o diretor de recursos humanos Marcelo Gonçalves. “Trata-se de duas ferramentas que tem valor: estímulo à competição e amizade. Não vejo razão em separar as duas coisas”, destaca Santos.

EMPRESA DE AUDITORIA E CONSULTORIA ABRE 120 VAGAS PARA TRAINEES

10/02/2010


A Terco Grant Thornton, empresa especializada em auditoria e consultoria, deu início ao processo seletivo para ocupação de 120 vagas em sua 27ª edição do programa para trainee na empresa. Podem concorrer para as vagas profissionais formandos ou recém-formados nos cursos de Ciências Contábeis, Administração, Economia, Direito e Sistemas da Informação. As vagas disponíveis são para os escritórios das empresas localizados nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Belo Horizonte e Goiânia.

As funções disponíveis para os trainees são nas áreas de Auditoria (que terão várias mudanças a partir deste ano com a adoção das normas contábeis internacionais, o IFRS), Tax (especialmente por conta da grande revolução da fiscalização eletrônica), Serviços Especializados (consultorias) e Gestão de Riscos.

Processo Seletivo
Os interessados podem se inscrever até o dia 15 de março através do site www.tercogt.com.br/trainees2010. O processo seletivo será composto por quatro etapas: inscrição, fase de testes, dinâmicas de grupo e entrevistas com gerentes e sócios. Os selecionados serão contratados em regime CLT e passarão por um treinamento intensivo, onde conhecerão a cultura da empresa e as principais áreas de negócio. Os trainees ainda receberão treinamentos específicos, a fim de desenvolverem conhecimento técnico e serão expostos a diferentes segmentos de atuação acompanhados pelo um mentor na empresa.

Sobre a Terco Grant Thornton
Há 28 anos no Brasil, a Terco Grant Thornton é a 5ª maior empresa de auditoria e consultoria do país. Conta com mais de 680 profissionais e possui 1.400 clientes ativos. Em 2009, registrou um crescimento de 12% em seu faturamento em relação ao ano anterior. Com sede em São Paulo, possui escritórios no Rio, em Salvador, Goiânia e Belo Horizonte.

Fonte: Administradores.com.br

Empresa de auditoria e consultoria abre 120 vagas para trainees

A Terco Grant Thornton, empresa especializada em auditoria e consultoria, está iniciando hoje (5) o processo seletivo para ocupação de 120 vagas em sua 27ª edição do programa para trainee na empresa.

Podem concorrer para as vagas profissionais formandos ou recém-formados nos cursos de Ciências Contábeis, Administração, Economia, Direito e Sistemas da Informação. As vagas disponíveis são para os escritórios das empresas localizados nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Belo Horizonte e Goiânia.

As funções disponíveis para os trainees são nas áreas de Auditoria (que terão várias mudanças a partir deste ano com a adoção das normas contábeis internacionais, o IFRS), Tax (especialmente por conta da grande revolução da fiscalização eletrônica), Serviços Especializados (consultorias) e Gestão de Riscos.

Processo Seletivo

Os interessados podem se inscrever até o dia 15 de março através do site www.tercogt.com.br/trainees2010. O processo seletivo será composto por quatro etapas: inscrição, fase de testes, dinâmicas de grupo e entrevistas com gerentes e sócios.

Os selecionados serão contratados em regime CLT e passarão por um treinamento intensivo, onde conhecerão a cultura da empresa e as principais áreas de negócio. Os trainees ainda receberão treinamentos específicos, a fim de desenvolverem conhecimento técnico e serão expostos a diferentes segmentos de atuação acompanhados pelo um mentor na empresa.

Sobre a Terco Grant Thornton

Há 28 anos no Brasil, a Terco Grant Thornton é a 5ª maior empresa de auditoria e consultoria do país. Conta com mais de 680 profissionais e possui 1.400 clientes ativos. Em 2009, registrou um crescimento de 12% em seu faturamento em relação ao ano anterior. Com sede em São Paulo, possui escritórios no Rio, em Salvador, Goiânia e Belo Horizonte.

INDG ABRE INSCRIÇÕES PARA PROGRAMA TRAINEE 2010

09/02/2010


Salário pode chegar a R$ 4.900,00 ao final do período do Programa

O Instituto de Desenvolvimento Gerencial (INDG), maior organização de consultoria em gestão empresarial do País, abriu as inscrições para novo processo seletivo do seu Programa Trainee 2010.  Com a abertura do segundo processo de seleção, a empresa objetiva atender a crescente demanda, gerada como resposta positiva à notória visibilidade do INDG, pela reconhecida competência na difusão de métodos e técnicas de gerenciamento voltados à obtenção de resultados nas organizações.

O Programa Trainee 2010 oferece a jovens profissionais a oportunidade de vivenciar o cotidiano dos maiores especialistas do gênero e de aprendizado, na prática, dos métodos mais modernos de desenvolvimento empresarial.  As inscrições para o Programa são destinadas a estudantes e profissionais formados entre dezembro de 2007 e dezembro de 2009. Os pré-requisitos são: elevado rendimento acadêmico, inglês ou espanhol avançado, bons conhecimentos em informática, disponibilidade total para viagens e residência em Belo Horizonte/MG, São Paulo/SP ou Rio de Janeiro/RJ.

Em contrapartida, o INDG oferece aos trainees oportunidades de crescimento profissional, além de aprendizado constante em projetos desenvolvidos no Brasil e no exterior. Considerado a principal porta de entrada no Instituto, o Programa de Trainees já formou cerca de 850 profissionais desde 2003.

A duração do Programa é de dois anos e o plano de carreira prevê aumento de remuneração a cada seis meses para os selecionados que apresentarem bom desempenho. Ao término do período, o salário pode chegar a R$ 4.900,00, além dos benefícios.

Na primeira fase, são realizados treinamentos intensivos em sala de aula e simulações de projetos. Posteriormente, os trainees são destacados para participar de atividades no Brasil e exterior, sempre com equipes formadas por outros profissionais experientes, que passam a orientá-los na execução dos trabalhos.

Sobre o INDG
O Instituto de Desenvolvimento Gerencial é uma organização de consultoria em gestão empresarial. Tem competência na prestação de serviços para obtenção de resultados, por meio da implementação de um moderno sistema de gestão e possui uma equipe de cerca de 900 consultores que atuam em todo Brasil e no exterior.

Informações gerais
Programa Trainee 2010 – 2º Processo Seletivo Inscrições: de 04 a 21 de fevereiro no site http://www.indg.com.br/carreira/trainees2010/
Cursos: Administração de Empresas, Ciência da Computação, Ciências Econômicas, Engenharias e Estatística.
Etapas do processo de seleção:
– Inscrições on-line (até 21 de fevereiro);
– Análise quantitativa e qualitativa dos currículos;
– Teste on-line;
– Painel de Negócios – presencial;
– Entrevistas e teste oral de inglês ou espanhol – presencial.


%d blogueiros gostam disto: