Posts Tagged ‘Dinheiro’

SALÁRIO MÉDIO PAGO AO TRABALHADOR BRASILEIRO É O MAIOR DA HISTÓRIA

21/10/2010

Em setembro, rendimento ficou em R$ 1.499 e superou recorde registrado em agosto.

Fonte: Sérgio Vieira, do R7

O salário médio do trabalhador brasileiro em setembro foi de R$ 1.499, o maior já pago no país desde março de 2002. O valor é 1,3% maior do que o valor de agosto (R$ 1.480,20), até então o recorde. Na comparação com setembro do ano passado, o poder de compra dos trabalhadores empregados aumentou 6,2%. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira (21) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

A Pesquisa Mensal de Emprego mostrou que, nas seis regiões brasileiras pesquisadas pelo IBGE, o rendimento médio apresentou melhora em relação a agosto de 2010: em Recife o aumento foi de 1,9%; Salvador ampliou 1,2%; Belo Horizonte, 1,7%; Rio de Janeiro, 2,7%; São Paulo, 0,4%; e Porto Alegre, 1,3%.

Para Cimar Azeredo, gerente da Pesquisa Mensal de Emprego do IBGE, esse rendimento reflete as boas condições do mercado de trabalho. Em setembro, o desemprego cai ao menor patamar da história, apesar de ainda haver 1,48 milhão de pessoas sem emprego nas seis regiões.

– O mercado de trabalho avança com criação de postos de trabalho acima do número de pessoas que entram na população economicamente ativa, e melhor, com vagas de qualidade. Além disso, a economia brasileira em crescimento propiciou a criação de empregos com melhores salários.

Cenário brasileiro

A taxa de desocupação ficou em 6,2% em setembro. Essa foi a primeira vez que o número de desempregados ficou abaixo de 1,5 milhão. Antes, a menor taxa havia sido registrada em agosto, quando foi reportado que 1,6 milhão de brasileiros estavam sem trabalho, ou 6,7% da população.

Segundo o gerente da pesquisa, esses patamares mostram que o Brasil deixou para trás qualquer resquício de crise, já que as taxas verificadas estão melhores que o verificado no período pré-crise.

– O status da ocupação brasileira está igual aos das taxas norte-americanas antes da crise econômica mundial. Na época, a taxa de desemprego deles girava entre 2,3% e 5,6%, hoje encosta nos 10%. O Brasil está muito bem com seus 6,7%.

Vale mencionar que a taxa atual de desemprego da Espanha e da França, países que tiveram forte retração do mercado de trabalho devido à crise, gira entre 12 a 15%.

O estudo, divulgado nesta quinta-feira (21), mostra que 22,3 milhões de pessoas tinham algum tipo de trabalho em setembro. O número é 0,7% maior em relação a agosto e 3,5% superior ao verificado no mesmo mês de 2009 (ou mais 762 mil postos de trabalho preenchidos em um ano).

O número de brasileiros com carteira assinada (10,3 milhões) ficou estável no mês e cresceu 8,6% no ano.

deseprego-setembro-ibge-hg-20101021

Aproveite!
Consulte a Tabela de Cargos e Salários do Empregos!

Escolha um dos níveis abaixo e consulte o cargo desejado, não necessariamente sua profissão. Os valores menor, média e maior são salários de mercado, atualizados a cada semestre de acordo com levantamento feito pela equipe do site Empregos.com.br.


Tabela de Cargos e Salários

Anúncios

Qual o Salário da sua Profissão?

31/08/2010

Sua remuneração atual está de acordo com o mercado?
Site Empregos oferece tabela com consulta gratuita.


Por Dionisio Alexandrini Neto

Quem é que não gosta de saber o quanto ganha um profissional que exerce a mesma função? Agora, isso é possível graças à pesquisa salarial do site Empregos, divulgada no final do mês de Agosto. É isso mesmo… O internauta pode consultar quanto ganha um trabalhador que atua em determinada área.

São quase 400 cargos disponíveis, separados por nível de atuação. O novo serviço procura orientar tanto empresas quanto candidatos, atendendo a um tema que sempre gera curiosidade especialmente para aqueles que estão em busca do primeiro emprego ou de uma recolocação no mercado.

Metodologia
Para a elaboração da Pesquisa Salarial foram consultados mais de 40 mil profissionais. Os valores são provenientes dos últimos salários-base pagos pelo mercado (exceto prêmios, benefícios, comissões, horas extras e adicional de periculosidade). A amostra é baseada nos dados internos de pessoas cadastradas no site, residentes nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Como Consultar?
Com base em milhares de experiências profissionais reais, qualquer pessoa poderá obter, em segundos, dados sobre a remuneração média para os cargos pretendidos e dispor de informações sobre valores máximos e mínimos de salários mensais. Basta escolher um dos níveis e consultar o cargo desejado, não necessariamente a profissão. Vale destacar que os valores menor, média e maior são salários de mercado, atualizados a cada semestre de acordo com levantamento feito pela equipe do site Empregos.com.br. Para consultar a pesquisa salarial, é só acessar o endereço: http://carreiras.empregos.com.br/carreira/administracao/pesquisa_salarial/index.shtm.

Uma boa ferramenta para o RH
O Empregos disponibiliza a tabela referencial sobre cargos e salários para ajudar também os recrutadores! As empresas poderão comparar a média salarial do mercado com a remuneração que pretendem oferecer aos profissionais.

Sobre o Empregos
Desde julho de 1998, o Empregos.com.br é um dos pioneiros na solução completa para candidatos e empresas, pois possibilita um contato rápido, dinâmico e eficiente entre as partes. São mais de 120 mil vagas por mês disponibilizadas para o internauta encontrar uma oportunidade que seja compatível com seus objetivos profissionais. Atualmente, com mais de 1 milhão de profissionais cadastrados e centenas de novos currículos incluídos diariamente, o site oferece o novo sistema de pesquisa salarial que teve como base informações fornecidas pelos próprios usuários.

SEU SALÁRIO ATUAL ESTÁ DE ACORDO COM O QUE É PAGO NO MERCADO DE TRABALHO?

18/08/2010
Acesse abaixo a Pesquisa Salarial do Site Empregos e tire a dúvida!

Metodologia
Para a elaboração da Pesquisa Salarial foram consultados mais de 40 mil profissionais. Os valores são provenientes dos últimos salários-base pagos pelo mercado (exceto prêmios, benefícios, comissões, horas extras e adicional de periculosidade). A amostra é baseada nos dados internos de pessoas cadastradas em nosso site, residentes nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Publicam-se apenas cargos com mais de dez pessoas informantes. Por ser uma tabela referencial, alguns cargos podem não constar na lista.

Como Consultar?
É fácil conferir a tabela! Escolha um dos níveis abaixo e consulte o cargo desejado, não necessariamente sua profissão. Os valores menor, média e maior são salários de mercado, atualizados a cada semestre de acordo com levantamento feito pela equipe do site Empregos.com.br.


Última atualização: Agosto de 2010 – Empregos.com.br


QUER GANHAR MAIS?

14/04/2010

Saiba qual é a hora e o jeito certo para pedir aumento ao chefe

Por Rômulo Martins

Quer ganhar mais?O que um aumento salarial proporcionaria a você? A viagem dos sonhos, o carro zero quilômetro que você está mirando há anos? Ou agilizaria o processo para a compra de uma casa e o tiraria ainda do vermelho, sanando os problemas ocasionados por dívidas contraídas no passado? Seja qual for a motivação pessoal, jamais toque no assunto com o seu chefe na hora de pedir aumento. Empresa nenhuma vai lhe conceder um cash mais alto se você não estiver munido de bons argumentos relacionados ao seu desempenho profissional.

“Não existe um momento certo e definido para pedir aumento de salário. Mas uma coisa o profissional deve ter em mente: seja qual for a razão do pedido, ele deve estar preparado com fortes argumentos, pois, no momento, com certeza será questionado sobre os motivos”, atesta Jonas Tokarski, consultor de coaching da Ricardo Xavier Recursos Humanos.

Segundo Janete Teixeira Dias, coordenadora do Centro de Carreiras do INPG (Instituto Nacional de Pós-Graduação), antes de pedir aumento salarial o profissional deve avaliar o desempenho dele e da empresa e considerar ainda se o clima mercadológico está favorável.

“Criar uma planilha que ajude a visualizar os resultados obtidos, nos últimos meses, demonstrando sua performance, é uma ação que pode levar à conquista de uma melhoria salarial. Muitas vezes, no início do ano, o período pode ser mais favorável para esta negociação”, sugere.

Clique aqui e confira as principais razões que levam as empresas a conceder aumento de salário aos profissionais, segundo consultores organizacionais.


%d blogueiros gostam disto: