Posts Tagged ‘entrevista de emprego’

Pergunte na Entrevista de Emprego

17/05/2011

Especialista em recrutamento afirma que indagar o selecionador é tão importante quanto saber responder questões.

Da Redação
Pergunte na Entrevista de EmpregoMuito se escreve e se fala sobre o que os candidatos a vagas de emprego devem responder para obter êxito na entrevista. Entretanto, no cara a cara com o recrutador, a maioria dos aspirantes a um cargo se esquece de fazer perguntas-chave sobre a empresa e o emprego que irão impactar diretamente em sua carreira e satisfação no trabalho.

Para o especialista em recrutamento Joe Turner é fundamental buscar informações sobre a vaga antes de aceitar propostas. Numa fase em que o viés de superioridade do selecionador dá lugar ao diálogo “recrutador versus profissional”, Turner elaborou um guia – publicado em um site global especializado – com seis questões essenciais a serem feitas pelos candidatos na entrevista de emprego. Saiba quais são elas e por que você deve saber as respostas.

1. O que aconteceu com o profissional que realizava este trabalho? (Se uma nova posição: Como este trabalho era realizado?)
De acordo com Turner, é preciso conhecer todos os problemas ou antecedentes associados à vaga de emprego. Por exemplo: o antecessor foi demitido ou promovido? A posição é temporária ou nova? Isso mostra quais as expectativas dos gestores e como a empresa está se preparando para crescer. Leia mais…

NÃO QUEIRA SE SOBRESSAIR DOS DEMAIS CANDIDATOS NA ENTREVISTA COLETIVA

01/12/2010

Segundo especialistas em carreira e RH o importante é ter objetividade e ser você mesmo.

Por Rômulo Martins

Comparar-se a outro candidato, apontar características que julga negativas e argumentar por que age de forma distinta do adversário não são atitudes inteligentes se você deseja conquistar uma vaga no mercado de trabalho. Na entrevista coletiva, tenha objetividade e seja você mesmo, recomendam especialistas em carreira e recursos humanos.

“Responda apenas o que o recrutador perguntar. Valorize seus pontos positivos sem depreciar os concorrentes”, orienta Ana Paula Mendes Oliveira, consultora da Ricardo Xavier Recursos Humanos. Segundo ela, diferentemente da entrevista por competências, em uma avaliação coletiva as perguntas são fechadas, por isso o candidato deve falar brevemente sobre experiências atreladas à vaga e características pessoais e profissionais importantes para o cargo.

“Numa seleção em grupo o filtro de profissionais é mais rápido. O que conta é o modo de a pessoa se apresentar e se vender para o recrutador. O perfil comportamental é avaliado de uma forma geral”, diz Ana.

De acordo com Tania Casado, coordenadora do Programa de Desenvolvimento de Carreira da FIA, a entrevista coletiva fornece um interessante panorama de como o candidato se comporta diante do concorrente. “É um processo mais transparente e idôneo porque os próprios candidatos observam quem são os melhores, o que dá condições de aprenderem uns com os outros.”

Para Tania, candidatos extrovertidos tendem a aparecer mais, contudo isso não quer dizer que são melhores ou levam vantagem. “O profissional introvertido deve ser ele mesmo. Deve aproveitar o espaço que tem para falar como pode contribuir com a empresa.”

Da mesma maneira, ser o primeiro a falar diante do grupo não significa ter iniciativa. O candidato deve se sentir à vontade para começar. “Às vezes, o candidato está muito nervoso e quer ser o primeiro para se livrar o quanto antes da situação”, revela Ana Paula, da Ricardo Xavier Recursos Humanos.

Obter informações prévias sobre a empresa no site corporativo e ouvir atentamente o recrutador são dicas que ajudam a diminuir a ansiedade e o nervosismo. A escolha adequada do traje também é importante. Roupas decotadas e maquiagem carregada, por exemplo, prejudicam a imagem profissional e podem eliminar do processo, afirmam especialistas em carreira e recursos humanos.

HABILIDADES COMUNICATIVAS PARA O SUCESSO EM UMA ENTREVISTA

18/06/2009

job-search

Diante do desafio de colocar à prova o seu conhecimento e ser analisado por um interlocutor, é praticamente impossível não sentir certo nervosismo. Em situações como essa, a falta de preparo aliado à ansiedade e ao excesso de emotividade como um todo pode prejudicar significativamente as habilidades comunicativas, qualidades fundamentais para que se obtenha êxito em uma entrevista.

Pensando nisso, a Right Management, consultoria organizacional especializada em transição de carreira (outplacement), divulgou um estudo recente que detectou cinco habilidades comunicativas determinantes para o sucesso de um candidato numa entrevista de emprego. “Nesta pesquisa ouvimos pessoas das organizações,… Veja mais.


%d blogueiros gostam disto: