Posts Tagged ‘intercâmbio’

Vivência no exterior – o coringa dos processos seletivos

29/04/2011

Por Eliane Figueiredo*

Vivência no exterior: o coringa dos processos seletivosOs diferenciais de um perfil profissional há muito tempo não são mais os mesmos. O próprio inglês fluente, considerado decisivo em algumas seleções há alguns anos, tornou-se uma condição básica especialmente em alguns segmentos de negócios. Em seu lugar, entra em cena a vivência no exterior como diferencial e vantagem competitiva.

A demanda por profissionais experientes no contato com pares e clientes estrangeiros aumenta em função da intensa globalização de negócios e serviços vivenciados pelas empresas brasileiras. Cada vez mais, a experiência adquirida em um país diferente conta em um processo seletivo. Essa vivência permite ao colaborador desenvolver sua capacidade de adaptação a novas situações, além de ampliar sua visão para compreender as necessidades de clientes e pares de diferentes contextos culturais.

Para as empresas, um profissional com experiência fora do Brasil mostra-se capaz de enfrentar grandes desafios e de articular contatos externos. A experiência “fora de casa” capacita o profissional para atividades desafiadoras de abrangência mundial. Na avaliação de alguns ramos de negócio, como o de serviços, o profissional globalizado é ideal para se relacionar com outras culturas, pois a diplomacia é um item bastante importante neste segmento. Leia mais…

Anúncios

INTERCÂMBIO? NÃO BASTA SÓ ARRUMAR AS MALAS!

05/08/2010

Se você decidir por uma vivência educacional ou profissional fora do país precisa estar atento a diversos detalhes.

Escolha do curso

  • Decida o objetivo principal do intercâmbio – experiência pessoal, aprendizado do idioma estrangeiro, férias ou entretenimento, formação profissional etc.
  • Defina a duração do intercâmbio – os programas variam de uma semana a dois anos.
  • Escolha o tipo de programa – high school, cursos de idiomas, cursos para profissionais, pós-graduação etc.
  • Selecione alguns países ou cidades de interesse (levando em conta os itens acima).
  • Informe-se sobre as opções de cursos disponíveis – as agências de intercâmbio, grosso modo, possuem convênio com instituições do exterior.
  • Esteja ciente dos custos e prazos da viagem. Planeja-se.

Mãos a obra
Cheque a qualidade do curso, da instituição e a infraestrutura oferecida – isso pode ser feito por meio da internet, de amigos ou com o apoio da agência de intercâmbio. É importante que a instituição de ensino no exterior seja credenciada pelos órgãos locais de educação e qualidade.

Inscrição
Este processo pode ser realizado em uma empresa de intercâmbio, muitas vezes, sem custos adicionais. As agências ajudam no preenchimento dos formulários de inscrição e transferência dos valores para o exterior.

Documentação e visto
Deve-se providenciar passaporte, foto, formulário de solicitação do consulado, comprovantes de suporte financeiro e de vínculo com o Brasil, comprovantes de confirmação do curso no exterior. É preciso verificar transporte (aéreo e terrestre), hospedagem e seguro saúde.

Leia mais…

INTERCÂMBIO – RECRUTAMENTO NO BRASIL PARA REDE DE HOTÉIS NOS EMIRADOS ÁRABES

20/10/2009

Abu DhabiAgência de intercâmbios seleciona 80 brasileiros para trabalhar  em Abu Dhabi

Para quem não quer perder uma boa oportunidade de trabalho fora do Brasil, aperfeiçoar o aprendizado de uma língua estrangeira, fazer um bom ‘pé de meia’ e conhecer novos lugares, deve ficar antenado com as vagas que surgem neste fim de ano. A M/Brazil, agência de intercâmbios que atua há onze anos no País e possui seis franquias no Brasil, está selecionando brasileiros para trabalhar na rede Fairmont de hotéis, nos Emirados Árabes, que será inaugurado em breve.

São mais de 80 vagas e o salário varia na faixa de US$ 400,00 à US$ 2.000,00 mais benefícios de passagem aérea, acomodação, alimentação, férias e visto de trabalho por 2 anos. No salário não estão inclusas as gorjetas, que são à parte, exceto nos cargos de gerência. A jornada de trabalho é de 6 dias na semana, com 8 horas diárias.

Cargos disponíveis :
Food & Beverage
Fine Dining Servers
Cocktail Bartenders
Head Bartenders
Assistant Outlet Manager

Kitchen
Sous Chef
Chef de Partie
Demi Chef de Partie
Commis I to III

Spa

Spa Treatment Manager
Massage Therapists (Certified)
Life Guards (Certified)

Os candidatos devem ter idade até 35 anos, Inglês intermediário e possuir no mínimo um ano de experiência na função a qual pretende concorrer, exceto para os cargos de Garçonete e Hostess que não é necessário prévia experiência, pois há treinamento. Os candidatos devem preencher um formulário no site www.dubai10.org . A participação no processo seletivo é gratuita.

Fonte: M/Brazil Intercâmbios

INTERCÂMBIO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO

05/08/2009

 

intercambio

Cenário globalizado faz com que profissionais busquem vivência internacional para se adequar ao mercado

Rômulo Martins

Não é só questão de falar fluentemente os idiomas inglês e espanhol. Hoje, a vivência internacional é encarada como um diferencial competitivo pelas empresas brasileiras. E os profissionais sabem disso. Não por acaso nos últimos meses a procura de viagens para intercâmbios focados na carreira manteve-se estável, dizem profissionais da área, em pleno ápice da crise econômica mundial.

Com o intuito de trocar experiências com outras pessoas e ampliar sua rede de relacionamento na área em que atuam, bem como dedicar-se aos estudos, conhecer outras culturas e costumes, além de aprimorar o idioma estrangeiro, profissionais viram no período de turbulência econômica a oportunidade de se blindar no mercado para a era pós-crise.

O cenário da globalização já havia sinalizado para a importância de conhecer outros países e parece que nos últimos anos isso ficou evidente. A tendência decorre da abertura de mercado acentuada na última década, diz Rafael Villas Boas, diretor de marketing da Intercâmbio Global.

“O movimento global no qual o Brasil está inserido não pode ser freado e a crise mundial apontou para isso. Muitas empresas começam a pensar globalmente e, nesse sentido, aquelas que têm a orientação de crescimento veem a exportação como um dos focos do mercado por isso procuram profissionais com visão internacional”, revela.

Consequência: planos study and travel ou study and work voltados aos profissionais de marketing, a gestores educacionais, a executivos, dentre outros, mantiveram a demanda mesmo em meio à crise econômica mundial.

Na CI, empresa de intercâmbio e turismo jovem, houve um aumento de 20% pela busca de cursos com foco na carreira nos últimos seis meses em relação ao mesmo período do ano passado. Veja mais…


%d blogueiros gostam disto: