Posts Tagged ‘Sucesso’

REFLEXÃO PROFISSIONAL

26/01/2011

Consultoria incentiva profissionais a refletirem sobre suas carreiras, estabelecendo metas e pontos de melhoria.

Da Redação

Reflexão ProfissionalFazer uma reflexão profissional é um passo determinante para avançar na carreira, já que é uma oportunidade de avaliar que passos devem mudar de rota e que caminhos deram certo. A Right Management, consultoria organizacional especializada em gestão de talentos e carreira, incentiva os profissionais a aproveitarem o momento do começo do ano, quando já existe uma predisposição para um balanço da vida pessoal, a fim de estabelecer também metas profissionais para o ano seguinte.

Segundo  Elaine Saad, country manager da Right Management para América Latina,é muito importante que, no início do ano, todo profissional faça um plano com objetivos bem definidos para os próximos meses que virão, contemplando os projetos que quer concretizar, que tipo de aprimoramento pretende fazer, que avanço profissional gostaria de ter, etc. A executiva acredita que o balanço deve envolver, ainda, uma contabilização do que foi positivo e do que foi negativo, avaliando os resultados alcançados e as oportunidades que geraram desenvolvimento e melhoria para sua carreira.

A consultoria elaborou um “guia” para orientar os profissionais nessa avaliação, reunindo quatro questões que devem ser revisitadas regularmente para avaliação da carreira profissional. A reflexão para elaboração das respostas prepara o profissional para a adoção de ações que contribuam para o seu desenvolvimento.

1- Você sabe qual é a sua contribuição?
Mantenha uma visibilidade positiva para que os principais líderes da sua organização saibam quem você é e como contribui para a empresa. Criar resultados é a estratégia de carreira mais importante. Mantenha padrões de alto desempenho e contribua positivamente de forma consistente.

2- Você seria um candidato ideal caso se candidatasse à sua vaga hoje?Avalie se você conseguiria conquistar a sua vaga se ela estivesse em aberto. Quantifique e qualifique todas as suas realizações, tanto no trabalho quanto fora dele. Familiarize-se com as tendências do setor, os valores de salário, o seu valor de mercado e estabeleça relacionamentos fortes com as lideranças da empresa e profissionais da sua área que inspirem a sua admiração.

3- Se o seu cargo desaparecesse amanhã, você teria um plano de carreira?
Mantenha-se ativo com a sua rede de conhecidos e mantenha um currículo atualizado. Saiba quais são as suas chances e o valor que você traz para uma empresa, incluindo a sua empresa atual. Desenvolva um plano de carreira para que sempre tenha um horizonte visível. Assim você sabe para onde está indo e por quê.

4- Você está aprendendo?
Mantenha um compromisso constante com o autodesenvolvimento. Antecipe-se às necessidades futuras da sua organização e desenvolva-se para atender essas necessidades. Beneficie-se de oportunidades e aprendizado, incluindo cursos de treinamento, conferências do setor e grupos profissionais. Seja proativo em buscar novos projetos que o ajudarão a aprender, crescer e expandir as suas competências. Leia mais…

Anúncios

DICA DE LEITURA – A VIAGEM AO SUCESSO

04/10/2010
A viagem ao sucesso
Autor: Pedro Cardoso
Editora: Gente
Páginas: 126
Preço: R$25,00

Comprar livro

Dicas para entender caminhos que levam à realização de seus sonhos.

O sucesso é como uma viagem. O problema é que muitas pessoas desistem dela no meio do caminho. Outras se perdem nos atalhos. Pessoas que buscam o sucesso, seja empresarial, profissional ou pessoal, precisam entender que os caminhos que levam à realização de seus sonhos têm seus segredos.

Em A viagem ao sucesso, você descobrirá quais são as falhas mais comuns de pessoas que buscam o sucesso e aprenderá a não cair nesses erros. Desenvolverá atitudes que o levarão a realizar seus sonhos. Perceberá a importância de se tornar um líder e, principalmente, saberá como ser um, capaz de conduzir outras pessoas a alcançarem também o sucesso.

Pedro Cardoso é um mestre na arte de conquistar o sucesso e, o melhor de tudo, ele sabe ensinar o caminho das pedras àqueles que querem ser bem-sucedidos nessa busca. O sucesso é uma viagem sem fim, mas quando você decide continuar na estrada, percebe que é capaz de desfrutar o prazer dessa viagem e que sua recompensa é sempre o sucesso.

QUER SER UM PROFISSIONAL BEM-SUCEDIDO? SAIBA ADMINISTRAR MELHOR O TEMPO

07/12/2009

Dedicar-se em excesso à profissão não é garantia de sucesso; lazer e relações estáveis interferem em seu desempenho.

Por Rômulo Martins

No ambiente de trabalho é fácil perceber a diferença entre o indivíduo que “usa” o tempo e aquele que sabe aproveitar da melhor forma o momento que tem. “Quem o usa geralmente trabalha bastante, por isso a qualidade de vida e de suas relações costuma ser muito diferente daquele que sabe aproveitar o tempo. Este tem uma vida equilibrada e atinge os resultados de uma maneira mais feliz”, afirma Dulce Magalhães, doutora em planejamento de carreira pela Universidade de Columbia (Estados Unidos).

Autora do livro “Superdicas para administrar o tempo e aproveitar melhor a vida” (Editora Saraiva), Dulce (des)construiu o significado do tempo ao abordar sobre o tema a uma plateia de estudantes e profissionais de diversas áreas, em evento promovido pela organização não-governamental Via de Acesso, em São Paulo.

Segundo a consultora, tempo não está relacionado com quantidade, mas com qualidade: “O tempo, portanto, não é o espaço percorrido pelos ponteiros do relógio, mas a forma como vivemos esse espaço”. Para Dulce, dedicar-se demasiadamente ao trabalho não é garantia de sucesso, já que a excelência na vida profissional depende de uma boa noite de sono, alimentação balanceada, atividade física regular, estudo e relações estáveis:

“O Google, por exemplo, inverteu a lógica do tempo. A empresa não contabiliza o tempo, mas os talentos. E apresenta ótimos resultados. Não por acaso, a companhia está entre as dez maiores do mundo. Talvez essas coisas estejam intimamente ligadas. Para ter boas ideias, o profissional também precisa relaxar”.

Reféns do tempo?
É a cultura, e não necessariamente os ponteiros do relógio, que estabelece a forma como devemos administrar o tempo. Dulce adverte: “Cuidado para não escolher o modelo de tempo que a cultura privilegia, mas que não tem nada a ver com os seus propósitos”.

A orientação é rever diariamente e atualizar constantemente a maneira como você utiliza o seu tempo, a fim de tomar a direção pessoal e profissional em conformidade com os seus interesses. Na visão da consultora, o sucesso na vida e no trabalho depende de uma mudança de paradigma sobre o conceito de tempo: “Há tribos que têm uma relação com o tempo muito positiva, pois respeitam as épocas, o ciclo da lua. Assim como alguns agricultores que sabem que há tempo para plantar e para colher. Mas o que ocorre em nossa sociedade é uma inversão de valores no que tange o conceito de tempo”. Para Dulce, não importa qual seja a área de atuação ou a função que o indivíduo ocupa na empresa, ser senhor ou escravo do tempo é uma decisão pessoal.

Assista abaixo ao vídeo em que Dulce Magalhães fala sobre a importância de administrar o tempo e aproveitar melhor a vida:

O QUE AS EMPRESAS ESPERAM DE UM BOM CANDIDATO?

25/11/2009

Um bom currículo é capaz de atrair as melhores ofertas de emprego e garantir uma boa contratação. No entanto, fatores, como comportamento, relacionamento interpessoal, cultura geral, entre outros são determinantes para que o profissional possa manter-se no posto conquistado. Especialistas apontam a postura adequada no ambiente profissional e questões que garantem a sustentabilidade do emprego.

De acordo com Ricardo de Gil Torres, coordenador da Faculdade de Administração da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FAD/FESPSP), as empresas não contratam mais funcionários pelo seu diploma e sim, pelo pacote completo: hobbies, interesses pessoais, estilo de vida, etc. Por isso, a postura no ambiente corporativo e o aprimoramento pessoal constante são fatores que devem ser observados por aqueles que desejam ingressar no mercado de trabalho.

“Uma cultura bastante difundida nos EUA e que não vemos por aqui é o fato de os candidatos a uma vaga colocarem em seus currículos, informações, como interesses pessoais, ativismo social, atuação ou preferência por determinado time de futebol. As pessoas julgam equivocadamente que este tipo de informação não interessa aos contratadores, mas eles vão pesquisar o perfil dos candidatos no Orkut [rede de relacionamentos] para se informar sobre os gostos, os posicionamentos, as preferências e comportamentos daqueles que pretendem ingressar naquela instituição. A experiência de vida é muito importante e conta bastante”, explica.

Para o coordenador, duas coisas importantes no que se refere à sustentabilidade do emprego são o bom senso no comportamento e no trato com colegas (sejam subordinados, superiores, etc.) e uma boa cultura geral. “O grande problema com relação ao bom senso é o ‘desconfiômetro’, pois pessoas nunca sentem a falta dele (o bom senso)”. Leia mais…


%d blogueiros gostam disto: